quarta-feira, 9 de novembro de 2011

A literatura e sua importância para a sociedade




Sandra Carla Noberto [1]

Muitos ainda se questionam sobre qual a importância da literatura ou o que é a literatura. Estes questionamentos são plausíveis, pois, numa sociedade onde há poucos leitores e uma grande carência educacional, não se pode esperar que se tenha uma compreensão mais abrangente sobre o tema. Para esta última, a resposta mais recorrente e também apresentada nos livros didáticos é que “a literatura é a arte da palavra”. Este conceito diz respeito ao trabalho com a linguagem pelo artista literário (escritor, poeta, entre outros), criando certo efeito estético na obra literária, porém, essa compreensão dessa 'arte da palavra' pode ser incompreendida pelos alunos, talvez a concebam complexa, por isso faz-se necessária uma apresentação mais 'cautelosa', por assim dizer, a esses jovens leitores. Ao saber também, que antes de qualquer conceito sobre o que seria literatura, o aluno deve ser apresentado ao texto literário de uma forma prazerosa, sem maiores pressões. Depois de haver certa sintonia entre leitor e texto literário, é que se pode discutir sobre esta ou aquela denominação literária.

Além disso, esta compreensão é adquirida através da leitura, que permite a autonomia social do indivíduo, estimula seus conhecimentos e ajuda a refletir sobre seu pensamento a respeito do mundo e de si mesmo. Desta forma, a literatura deve ser compreendida como uma necessidade no nosso cotidiano, pois sua expressividade artística é o meio que conseguimos de demonstrar nossos desejos e ideologias, mesmo que seja recriando nossa realidade e, neste sentido, a literatura torna-se então, a arte da palavra. Por sua vez, a realidade social, o comportamento e a história de cada época pode servir, muitas vezes, de inspiração para a expressão artística e contribuir à interpretação da obra literária que, segundo Antônio Cândido (2006, p.13):

Hoje sabemos que a integridade da obra não permite adotar nenhuma dessas visões dissociadas; e que só a podemos entender fundindo texto e contexto numa interpretação dialeticamente íntegra, em que tanto o velho ponto de vista que explicava pelos fatores externos, quanto o outro, norteado pela convicção de que a estrutura é virtualmente independente, se combinam como momentos necessários do processo interpretativo. Sabemos, ainda, que o externo (no caso, o social) importa, não como causa, nem como significado, mas como elemento que desempenha um certo papel na constituição da estrutura, tornando-se, portanto, interno.

Nesta perspectiva, a literatura é de grande importância para a sociedade. Sua leitura é imprescindível, pois, além de ser prazerosa, contribui para o enriquecimento intelectual e cultural de cada leitor, desenvolvendo seu senso crítico e despertando-o para novas experiências. O texto literário provoca um certo encantamento por parte de quem ler, proporciona diversão, conhecimento de mundo, sensibilidade e reflexão sobre a realidade. Esse encantamento é o reflexo dos desejos e anseios expressos como forma de demonstração dos sentimentos humanos.

Em se tratando do âmbito escolar, a literatura merece grande atenção neste espaço. Tendo em vista o papel social que possui a escola e sua influência em cada cidadão, é importante que a literatura como fonte de conhecimento e de expressividade humana tenha sua ascensão na sala de aula, com o intuito de despertar o gosto pela leitura, possibilitando, desta forma, uma aula produtiva. No entanto, há uma grande quantidade de jovens pouco interessados pela literatura. Isto ocorre devido à falta de estímulos e incentivo à leitura, bem como as carências que arrolam outras esferas sociais, em especial as condições de ensino e projetos político-pedagógicos que não valorizam a literatura na sala de aula.

Visto que a literatura ajuda ao homem a entender seus sentimentos e proporciona a expressividade pela arte, nota-se desta forma, que se é algo proveitoso e de caráter educativo, deve ser contemplado na escola e em outros espaços sociais que proporcionam educação e cultura. O que é necessário são métodos inovadores , aulas mais didáticas e menos mecânicas, que aproximem o aluno da literatura e cative-o a esta vivência da arte, no intuito de valorizar seu desenvolvimento intelectual e sensibilizá-lo diante de obras literárias. É preciso que o professor aproxime a literatura à realidade desses jovens.

É importante ressaltar também que a literatura não está presente apenas em livros, mas, se aliada às suas adaptações para outros meios de expressar a arte e a imaginação humana, também podem permitir o despertar e o gosto pela literatura. A música, a telenovela o cinema e o teatro são os maiores exemplos da literatura além dos livros: a canção Fanatismo, de Raimundo Fagner, que é uma adaptação do poema de Florbela Espanca, a telenovela Gabriela Cravo e Canela, romance do escritor baiano Jorge Amado, os filmes Dom (da obra Dom Casmurro) e Memórias Póstumas de Brás Cubas, que são adaptações dos romances de Machado de Assis e a peça Sarapalha, adaptação de um conto do escritor regionalista Guimarães Rosa, são alguns exemplos de adaptações literárias. Estas formas de arte, se trabalhadas junto à obra literária podem despertar o gosto dos alunos pela literatura, desde que o livro seja contemplado, pois, sua interpretação é singular.

Outro exemplo importante da literatura na sociedade é através da internet, pois, com advento desta ferramenta tecnológica a informação se tornou mais prática e rápida. Além disso, nas redes sociais – MSN, Orkut, Facebook, Twitter, etc. – o que mais se encontra hoje são textos literários, que servem para demonstrar a expressividade do internauta, sobre assuntos, como: política, sociedade ou para enfatizar sua página na internet. Isto também pode ser abordado em sala de aula, pois são exemplos próximos da realidade social do alunado, que podem estimular a leitura, demonstrando que a literatura está presente em várias partes do cotidiano, não apenas na escola, como atividade obrigatória.

Assim, pode-se perceber que leitura é um dos meios mais eficientes de formar cidadãos, e a literatura, parte intrínseca desta, é uma das mais belas formas da expressividade humana. Sua função social permite o gosto pelas artes, cultura e conhecimento de si mesmo, pois tem o poder de expressar os sentimentos mais especiais do homem, merecendo, desta forma, a importância e os valores sociais enquanto manifestação artística.

Referências:

CÂNDIDO, A. Literatura e Sociedade. 9ª Ed. rev.Ouro sobre Azul, Rio de Janeiro, 2006.

OLIVEIRA. C. B de. Arte Literária Brasileira. São Paulo: Moderna, 2000, p. 9-10. Adaptado.

AMARANTE, D. W do. A importância da Literatura. Por que discutimos o óbvio? Disponível em: http://www.culturainfancia.com.br/. Acesso em 26/ 10/2011.

BRAGA, M. K. A importância da literatura na formação do cidadão. Disponível em: http://www.revistaovies.com/artigos/2011/01/a-importância-da-literatura-na-formacao-do-cidadao. Acesso em: 26/10/2011.


[1] Graduanda em Letras pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e Profª da E.E.E.M.P. Dr. Elpídio de Almeida.

39 comentários:

  1. Adorei o texto ficou muito bom, enfatiza uma realidade e demostra um interesse de levar a sociedade para a literatura de modo dinâmico, que ao meu ver é necessário. Na verdade concordo com ela pois a literatura esta no cotidiano de todos e acho que se trabalhado de diversas formas, pode despertar um prazer as pessoas que gostam de usar a literatura para expressar emoções do dia a dia.
    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Matheus Augusto - 1º "H" - Manhã17 de novembro de 2011 22:45

    Achei muito interessante o texto... mostra a realidade perfeita das escolas, as falhas que existem na leitura escolar e muito mais. O texto explica muito bem literatura e sua importância para a formação da vida da gente. Esta muito bem elaborado, estar da parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Amei o seu artigo minha querida,na verdade, são poucos os professores que querem e sabem trabalhar a literatura em sala de aula.Concordo com você no tocante a forma que a literatura tem que ser ensinada na sala de aula, não deve obrigar o aluno a ler, mas procura ruma forma prazerosa de incentivar não só a literatura mas também a leitura. muito bom mesmo! PARABÉNS PELO TEMA!
    PROF. RICARDO PEREIRA

    ResponderExcluir
  4. Meus parabéns à profª Sandra por escrito este texto. De fato a idéia que a grande parte da população, e, sobretudo os jovens têm, é que a literatura é muito complicada de ser entendida ou lida e que, portanto não deve ser priorizada. Pessoalmente já vivenciei este desdém, porém, posso afirmar que é justamente através da literatura que as idéias mais magníficas e revolucionárias surgem (a invenção dos submarinos, do helicóptero, dos robôs, por exemplo). Embora meu campo seja o das ciências exatas, a literatura foi e é imprescindível em minha vida. Adorei o texto, muito bem escrito e de linguagem acessível. Acredito veementemente que em breve todos os que acessam este blog iram ler e discutir muitos outros textos produzidos pela profª Sandra.

    ResponderExcluir
  5. ótimo texto!isso faz com que nós,estudantes,nos interessemos mais pela literatura!parabéns isso é uma forma de estimular os alunos a terem mais contato com a literatura

    ResponderExcluir
  6. Adorei o texto. Ficou muito bom, realmente enfatiza uma realidade e demonstra um grande interesse de levar a literatura ao nosso cotidiano. A literatura é uma forma prazerosa e que contribui para o desenvolvimento intelectual em nossas vidas. Vale também ressaltar, que ela estar presente em todos lugares. E com isso nos ajuda a entender os verdadeiros sentimentos pela arte.
    Parabéns.
    Adinaldo

    ResponderExcluir
  7. Está de parabens, texto muito bem explicativo. Aguardo mais textos do genero em breve

    ResponderExcluir
  8. Marllon Lima 3° E- Manhã.

    Excelente artigo professora. É muito importante o estudo da literatura em sala de aula hoje em dia, pena que são poucos aqueles que sabem e que tem um olhar mais critico voltado para a literatuta pois não sabem o verdadeiro valor da mesma. Eu sempre soube que o estudo da literatura ajuda muito na construção de uma sociedade pois a partir do momento que análisamos obras literárias adiquirimos um amplo conhecimento interdisciplinar e com isso aumentar nosso indíce de educação.

    ResponderExcluir
  9. o texto foi muito bem elaborado, mostrando a realidade que vivenciamos,como a forte carência educacional.Mas ao mesmo tempo ressaltando a grande influencia da literatura no nosso cotidiano.

    Parabéns Sandra Carla !!!

    Mislene Lima

    ResponderExcluir
  10. Parabéns ! Brilhantíssima profissional, você vai longe continue assim...

    ResponderExcluir
  11. Leio todos as postagens desse blog, cada vez mais me surpreendo, por ultimo chamou atenção como abordado a literatura, não poderia deixar o meu elogio. Parabéns professora espero em breve ver mas postagens suas.

    ResponderExcluir
  12. Primeiramente, uma ótima escolha esse tema. Como já citado em muitos comentários e até no seu próprio artigo, Literatura é considerado um assunto complexo por muitos, principalmente, leigos. Justamente, como também colocado no artigo, cabe aos professores, inverter essa realidade, e colocar em prática suas sugestões, por exemplo. As aulas devem ser ministradas de forma dinâmica, com exposição da vida cotidiana do próprio alunado (e qualquer pessoa) e como a literatura tá inserida, em tal...
    Quero elogiar também, sua escrita. A clareza com que foi abordado o assunto é perceptível.

    Seguramente, você é e, será sempre, uma profissional, com o pensamento à frente de suas perspectivas. Suprindo as necessidades de seus alunos e seguidores.
    Continue assim, minha amiga.
    Torço muito por você!

    ResponderExcluir
  13. "Parabéns pela postagem professora, assim, a senhora só ratifica seu real interesse em despertar em seus alunos o interesse pelas artes, continue assim, que estará no caminho certo."
    Infelizmente são poucos os educadores que realmente se preocupam com nós alunos! Essas mudanças nas aulas com toda certeza devem ser incentivadas.

    ResponderExcluir
  14. o artigo de Sandra Carla Noberto fala da importância da literatura na sociedade e a falta de interesse dos jovens para a leitura.
    o texto de Afrânio Coutinho fala que a literatura é parte da vida, que através das obras literárias tomamos contato com a vida, nas suas verdades eternas.

    Aluno:Rubens C. Guedes da Silva Nº35 Série:1° Turma: F Turno: manhã

    ResponderExcluir
  15. O artigo de Sandra Carla reafirma a hipótese de Afrânio Coutinho,afirmando que a literatura é a arte da palavra e complementa a teoria, comentando os gêneros literários,como o poema e o romance. Afrânio Coutinho,em outra teoria literária,diz que a literatura é também uma realidade recriada através do espírito do artista.

    Aluno: Robson Guedes da Silva N°33 1°F manhã

    ResponderExcluir
  16. O artigo de Sandra Carla fala a importância que é a literatura, das diversas formas que podemos encontra-lá e dispertar o nosso interesse. Enquanto Afrânio coutinho fala um pouco de como é feita a literatura e definindo a literatura como parte da vida.

    Aluno: Mateus Raposo dos S. 1°H Manhã

    ResponderExcluir
  17. Muito bom, professor.De acordo com o que eu entendie sobre o artigo de Sandra, a literatura não pode ser definida pela arte da palavra,mas sim em quase tudo que vemos na sociedade.Qualquer pessoa para se enteressar por arte precisa conhece-lá,seja como novela,cinema,entre outros.

    já de acordo com Afrãnio,literatura é cria ou recria um mundo de verdades de acordo com o sentimento do artista,é uma transfiguração do real.Para ele, atraves das obras literárias,
    tomamos contato com a vida.

    Apartir daí,percebemos a difernça entre os dois.


    JHAMILY DE SOUSA TOMAZ -Nº20 - 1º E -MANHÃ

    ResponderExcluir
  18. comentando o artigo posso dizer que foi muito bem elaborado com certeza o aluno deve conhecer a literatura por prazer " o aluno deve ser apresentado ao texto literário de uma forma prazerosa, sem maiores pressões." como diz ela é assim que a literatura e a lingua portuguesa terá a atenção dos alunos e

    comparando o que ela diz com o AFRÂNIO COUTINHO do nosso livro de portugues percebemos que ele diz que a literatura é a arte da palavra enquanto ela acha que nao pode ser definida apenas assim mais ela pensa que as pessoas antes de ouvirem uma definição devem apreciar e conhecer daquilo que querem aprender.


    foi muito prazeroso ler este artigo pois esclareceu bastante como é importante a literatura...

    ResponderExcluir
  19. Desse artigo posso dizer que tive uma compreensão enorme pois podemos ter uma percpção de que a literatura é uma forma de compreendermos o que nós tem para ser mostrado através de uma percpção de quem a criou.


    Comparando o que ela diz com o (AFRÂNIO COUTINHO)do livro de portugues percebemos que a literatura é a arte de expressar através das palavras,ela pode ser expressada através do pensar de quem a escreveu.
    foi muito gratificante para mim pois o que pude aprender é muito mais do que conhecimento é saber.!

    Fernanda de Sousa Silva 1 ano H MANHÃ

    ResponderExcluir
  20. claro q só uma perfeição dessas só podia vir de Sandra o texto é de uma importância e naturalidade incrível nem preciso dizer ficou perfeito professora!!!!

    ResponderExcluir
  21. O texto de Sandra Carla Noberto é bem interessante, pois ela traz um ponto que mostra que a literatura também pode ser mostrada de uma forma inovadora em sala de aula , como um ponto de discussão bem interressante, que ela está sendo utilizada pelos jovens nas redes sociais.E o de Afrânio Coutinho define bem, de uma forma bem clara o que é literatura, deichando bem mais simples a compeenssão.

    ResponderExcluir
  22. Muito bom o ponto de vista sobre o que é Literatura da Sandra Carla, pois ela retrata a Literatura de uma forma franca e objetiva. Deu pra perceber que a mesma quer passar o conceito de literatura para os leitores de uma forma que dê pra entender e realmente aprender sobre o a literatura, enquanto o Afrânio Coutinho, retrata a literatura como parte da vida e não é objetivo quanto ao seu conceito, mesmo que a literatura faça mesmo parte de nossa vida, e mesmo assim há uma comparação entre os dois é que os autores tratam a literatura como um fundamento em nossas vidas que realmente é.

    Ana Karolina 1º E Manhã

    ResponderExcluir
  23. O conceito de Sandra Carla Noberto sobre literatura, nos trás uma forma menos formal. interagindo com a internet, mas sem sair do contexto sobre literatura. Algo que os adolescentes de hoje acham que está muito distante, mas enganados, não sabem que a literatura está em cada página da internet, onde os mesmos sentem o prazer de ler ao ver uma nova noticia em redes sociais. E o conceito de literatura de Afrânio Coutinho, trás a nós uma literatura mais concentrada, que ela é a realidade recriada através do espirito do artista. sendo assim os dois conceitos dar-se a entender bem.

    Juliana Costa 1º E manhã

    ResponderExcluir
  24. gostei muito do artigo de Sandra Carla Noberto que trata importância da literatura na sociedade e mostra a falta de interesse dos jovens para a leitura, por isso a importância da utilização dos jovens nas redes sociais para não só aprenderem em filmes, cinemas, Teatros, mais sim em msn, facebook, twitter.
    já de acordo com Afrânio, ele define a literatura como parte da vida, e diz que a literatura é também uma realidade criada e recriada através do espírito do artista.

    Marina Andressa nº31 1ºE Manhã.

    ResponderExcluir
  25. O texto ótimo principalmente porque ele atrai o aluno para o lado literário, e isso é de extrema importância nos dias de hoje. Que as pessoas não tem muita importância com a literatura.
    Aluno: Matheus almeida costa
    Serie: 1° ano "F"

    ResponderExcluir
  26. Gostei muito do texto porque ele tem uma forma poderosa de se expressar de um jeito que atrai o aluno de uma forma de uma teia que segura o aluno no texto ate termina-lo de ler.
    Aluna:Elaine Gabrielle P. L. Sobrinho
    Serie: 1° Ano "F"

    ResponderExcluir
  27. O conceito sobre literatura, nos trás uma forma menos formal, interagindo com a internet, mas sem sair do contexto sobre literatura. Algo que os adolescentes de hoje acham que está muito distante, mas enganados, não sabem que a literatura está em cada página da internet, onde os mesmos sentem o prazer de ler ao ver uma nova noticia em redes sociais. E o conceito de literatura de Afrânio Coutinho, trás a nós uma literatura mais concentrada, que ela é a realidade recriada através do espirito do artista. sendo assim os dois conceitos dar-se a entender bem.

    ResponderExcluir
  28. O conceito nos trás uma forma menos formal. interagindo com a internet, mas sem sair do contexto sobre literatura. Algo que os adolescentes de hoje acham que está muito distante, mas enganados, não sabem que a literatura está em cada página da internet, onde os mesmos sentem o prazer de ler ao ver uma nova noticia em redes sociais. E o conceito de literatura de Afrânio Coutinho, trás a nós uma literatura mais concentrada, que ela é a realidade recriada através do espirito do artista. sendo assim os dois conceitos dar-se a entender bem.

    Micael Duarte 1º H manhã

    ResponderExcluir
  29. O conceito de Sandra Carla Noberto sobre literatura, nos trás uma forma menos formal. interagindo com a internet, mas sem sair do contexto sobre literatura. Algo que os adolescentes de hoje acham que está muito distante, mas enganados, não sabem que a literatura está em cada página da Internet, onde os mesmos sentem o prazer de ler ao ver uma nova noticia em redes sociais. E o conceito de literatura de Afrânio Coutinho, trás a nós uma literatura mais concentrada, que ela é a realidade recriada através do espírito do artista. sendo assim os dois conceitos dar-se a entender bem.

    Aluno: Jefferson Henrique
    Seria: 1ª H Manhã

    ResponderExcluir
  30. Muito interessante o artigo, falando sobre um tema que muitas vezes vem em primeiro pensamento que é chato ou perca de tempo, mas não, é como postaram no texto é algo que nos enche de conhecimento, imaginação, criatividade, coisas que serve muito para o desenvolvimento tanto piscicologigo como físico do ser humano, e é falado tambem a cerca da falta de mais literatura em sala de aula e fazer deste tema um ponto central e interativo com todos os alunos, gerando um certo interesse pela leitura nao por obrigação mas por vontade própria do aluno de ler, o artigo é bem complexo pois fala dos pontos principais , achei muito interessante.
    Jessica Kelly 1ºano "G" Manhã

    ResponderExcluir
  31. O texto é bastante interessante, pois mostra o valor da arte literária de forma bem explicativa, e simples, querendo passa a sociedade de uma forma incentivadora a importância da leitura.
    Aluna: Mariana Sarmento.
    1°F Manhã

    ResponderExcluir
  32. Erick Alves de Brito 1°G manhã24 de novembro de 2011 05:46

    O artigo de Sandra Carla fala a importância que é a literatura, das diversas formas que podemos encontra-lá e dispertar o nosso interesse. Enquanto Afrânio coutinho fala um pouco de como é feita a literatura e definindo a literatura como parte da vida.

    ResponderExcluir
  33. O texto de Sandra Carla aborda de uma forma bastante complexa a importância da literatura no cotidiano da nossa sociedade,pois a literatura nos ajuda a compreender nossos sentimentos a arte entre outras coisas.
    A literatura está presente em quase tudo se não em tudo,sem a literatura nós somos pessoas ignorantes por isso devemos aprender a gostar da literatura para deixarmos essa ignorância para trás.

    Aluno José Ítalo
    Turma: 1ºF Manhã

    ResponderExcluir
  34. Hoje em dia muitos jovens perderam o interesse na literatura e isso tem que mudar, porque a leitura nos torna seres humanos melhores.
    Victor Higo 1°G Manhã.

    ResponderExcluir
  35. Ranilson Herbert Soares25 de novembro de 2011 14:29

    Estamos diante de um belo texto, em que há a compreensão da professora e 'escritora' em relação aos alunos, quando ela percebe que muitos escritores de livro enfatizam a literatura pelo seu ponto vista o qual fica complicado nós alunos entender pois eles já são escritores.Um texto que de forma simples aborda a literatura, e também como podemos, mesmo através da internet nos aproximarmos mais dessa arte que é incomparável e única que é a literatura.
    Em relação a comparação serei sincero em dizer que mesmo Afrânio Coutinho com seu conhecimento bem abrangente,um homem de nome, eu preferiria que o conceito ou a ideia de Sandra Carla fosse realmente a que estivesse no livro, pois é uma definição bem clara, e também podemos sentir segurança no texto, e verdade, quando lemos ela falando do interesse do jovem em literatura que é muito baixo, e também dos poucos estímulos que muitos professores fazem, sem trazer a literatura em si pra sala de aula.

    Parabéns professora pelo taxto !

    Aluno: Ranilson Herbert das Neves Soares
    Série: 1° H

    ResponderExcluir
  36. Bom eu achei muito interesante pois mostra a realidade da leitura pois muitas vezesos jovem perdem tempo no computador jogando, em orkut msn etc, em vez de pega um bom livro e começa a ler!
    Mas o que mais me chamou a minha atenção foi a parte em que ela fala sobre que a literatura é conhecimento, aprendisagem etc.
    Para mim esse ano foi o que eu mais me enterecei em literatura pois antes eu nao gostava muito da literatura mas esse ano foi ande conheci um professor que me ensinou a gosta da literatura.
    Em fim gostei muito do texto e tenho aprndido varias coisas sobre a literatura.

    Thayná Silva P. Neves.
    1ºG Manhã

    ResponderExcluir
  37. O texto é muito bom para os jovens aprenderem que a vida não é so jogos e redes sociais no computador tambem temos que ler livros para que nos possamos ter uma maturidade melhor para escrever um texto e aprendermos mais.

    Manoel Monteiro S. Neto
    1º G Manhã

    ResponderExcluir
  38. achei-o pertinente. Elevar o conhecimento através da leitura, faz com que os jovens parem e se dediquem mais, principalmente ao que tange conhecimento literário!

    abraço

    ResponderExcluir
  39. Muito bom o seu texto Sandrinha......continue nessa perspectiva literária........dessa forma você contribui interinamente para uma maior conscientização dos benefícios que a literatura pode contribuir para uma sociedade melhor e mais produtiva, intelectualmente falando.

    ResponderExcluir